LAE Destinos: A Ilha Norte da Nova Zelândia

Por Anna Rowlands

 

Oi, pessoal!

 

Meu nome é Anna e venho de um pequeno país no meio do Oceano Pacífico... Talvez você conheça. Se chama Nova Zelândia!

 

 

Eu cresci em uma fazenda, próxima de Christchurch e para estudar, me mudei para o meio de nossa maior cidade: Auckland! Me formei em turismo na Auckland University of Technology (AUT), onde eu conheci meu namorado brasileiro, Felipe. Trabalhei em São Paulo por alguns meses e voltamos para a Nova Zelândia. 

 

 

 

A Nova Zelândia não é um país tão conhecido por suas cidades. Na verdade, muitos dos que escolhem a Nova Zelândia como destino, provavelmente nem pensam nas cidades em si, mas dividem seu roteiro entre as Ilhas Norte e Sul. Isso ocorre pois a arquitetura e história de cada local se desenvolveram recentemente, já que o país está em construção há menos de 200 anos. Ainda assim, o país é famoso por suas paisagens de cair o queixo e conexões com a cultura pop.

 

A Ilha Norte é o lar da maior e mais cosmopolita cidade da Nova Zelândia, Auckland, assim como de sua capital, Wellington. As duas estão em pontos opostos da ilha e impressionam seus visitantes de maneiras diferentes e únicas.

 

 

AUCKLAND

 

Para entrar no país, você provavelmente pousará em Auckland (Tamari Makaurau, em língua maori), que está sobre 48 diferentes vulcões. Mas por mais excitante e perigoso que isso pareça, olhe para cima! A Skytower é o mais alto prédio do hemisfério sul, alcançando 328 metros de altura.

 

 

Os admiradores podem caminhar no topo da construção; passear pela base, ao redor dos 192 metros de diâmetro; ou ainda fazer um salto do alto do prédio mirando um alvo no chão. A cidade em si está lindamente posicionada no Golfo Hauraki, e rodeada de belas praias e áreas verdes das quais pássaros locais são frequentadores. Lá, você poderá admirar as belíssimas ilhas da região. A ilha Rangitoto (localização do maior vulcão da cidade) e a luxuosa Waiheke Island estão a uma curta distância de balsa do centro financeiro da cidade. E a Auckland’s Queen Street oferece um amplo leque de lojas, que misturam arquitetura moderna e antiga, sendo base de grandes marcas – como Louis Vuitton – e também marcas locais como Glassons; e lojas de presentes.

 

Turistas são muito bem-vindos nessa parte da cidade, que possui uma grande variedade de outlets e opções gastronômicas, incluindo uma pequena loja na esquina da Queen Street e Wakefield que serve comida brasileira, como coxinha e guaraná. À noite, eu recomendo que você caminhe até a beira-mar e vá até o viaduto onde os horizontes do centro financeiro de Auckland e do North Shore estão à sua frente, enquanto você passa por lindos bares, restaurantes e aprecia os talentos locais.

 

WELLINGTON

 

Wellington possui uma atmosfera animada e cheia de bares, restaurantes e cafés saudando você a cada esquina. Seu caráter único é uma mistura entre a elegância profissional e arquitetônica que rodeia o centro financeiro e a cultura hipster, fruto da Victoria University e da Cuba Street. A cidade gira ao redor do Parlamento no centro da cidade, e diferente da maior parte dos destinos, é mais movimentada durante a semana, quando os políticos estão na cidade, e mais quieta nos finais de semana, quando eles voltam para suas casas.

 

 

Os prédios do Parlamento são únicos e vale a pena visitá-los. O mais famoso de todos é carinhosamente chamado de “The Beehive” (A Colmeia), e se parece exatamente com o nome com possui, sendo sede de escritórios de muitas abelhas operárias que comandam o país. Além de conhecer o sistema político ao visitar Wellington, você também pode descobrir os segredos históricos da Nova Zelândia a partir do National Museum of Te Papa (onde você pode ver uma lula gigante!) ou visitar museus que abrigam peças usadas em filmes bastante famosos no mundo todo. A capital é o lar do Weta Workshop, uma empresa de efeitos digitais que já fez vários filmes famosos. Entre eles, está Avatar e O Senhor dos Anéis.

 

Falando em O Senhor dos Aneis, não deixe de explorar Mount Victoria, onde Peter Jackson gravou a cena tensa na qual Frodo, Sam, Merry e Pippin se escondem embaixo da árvore do Dark Rider.

 

E antes que você se jogue na balsa e navegue em direção à mística Ilha Sul, você não pode deixar de explorar a Cuba Street. Essa rua contempla tudo o que é diferente e único, o que resulta em uma divertida e imperdível atmosfera que engloba modernidade em compras, decoração, restaurantes e bares.

 

Gostou e quer estudar na Nova Zelândia? Fale com a gente via somos@lae-edu.com.br ou pela nossa página do Facebook. Nossa consultoria educacional é gratuita!

blog.text_share_article:
    |Recomendado para você
    LAE Responde: Apps gratuitos para o seu intercâmbio LAE Responde: Quais apps gratuitos podem ajudar você no seu intercâmbio?
    LAE Destinos: 5 pratos marroquinos para o final de semana! LAE Destinos: 5 pratos marroquinos para você testar no final de semana!
    LAE Responde: Estude no ICTE-UQ com um desconto exclusivo! LAE Responde: Como funciona o desconto no curso de inglês da University of Queensland para participantes do game no Facebook?
    LAE Responde:Ficar mais tempo no destino após o fim do curso LAE Responde: É possível ficar mais tempo no destino depois que meu curso terminar?
    LAE Destinos: Cinco pubs clássicos de Londres! LAE Destinos: Cinco pubs clássicos de Londres para você comemorar as vitórias da seleção inglesa!
    LAE Responde: Viajar para o exterior com seu pet LAE Responde: Posso levar meu animal de estimação pro exterior?
    LAE Destinos: A Ilha Sul da Nova Zelândia LAE Destinos: A Ilha Sul da Nova Zelândia
    LAE Destinos: 5 motivos para conhecer Austin, no Texas LAE Destinos: 5 motivos pelos quais Austin, no Texas, deve ser o destino do seu próximo intercâmbio!
    LAE Responde: Quais idiomas posso estudar com a LAE? LAE Responde: Quais idiomas posso estudar com o auxílio da LAE?
    Até quando o meu desconto da SUPER SALE está garantido? A SUPER SALE: FEIRA ONLINE DE INTERCÂMBIO está chegando! A próxima edição será no dia 20 de Março, das 20h à 0h (Horário de Brasília).
    A LAE nasceu há quase 20 anos, como uma agência de intercâmbio com o objetivo de tornar o estudo no exterior uma experiência mais acessível e segura para todos. A proposta sempre foi oferecer não somente qualidade e transparência no processo, como também centenas de opções de instituições de alta qualidade nos melhores destinos, tudo isso com consultoria gratuita.
Mais de 35 mil estudantes já realizaram seu projeto conosco e queremos ajudar você também a realizá-lo já realizaram seu projeto conosco
e queremos ajudar você também a realizá-lo

Diversas organizações nos certificam como agentes especializados em educação internacional