LAE Responde: Como funciona o estudo e trabalho na Nova Zelândia?

 

A Nova Zelândia - junto com Austrália, Irlanda e Malta - é um dos países que permite que o estudante internacional de inglês trabalhe para complementar sua renda durante a estadia no país. Mas para isso, algumas regras devem ser seguidas. Confira abaixo as respostas de algumas dúvidas clássicas sobre trabalhar como estudante internacional.

 

 

"A partir de que níveis de curso eu posso trabalhar sendo estudante na Nova Zelândia?"

A Nova Zelândia permite que você trabalhe sendo estudante de inglês, de nível técnico ou de nível superior. Porém, cada uma das opções possui diferentes regras e condições.

 

"Quantas horas posso trabalhar por semana?"

Um estudante internacional de inglês ou Graduação pode trabalhar até 20 horas semanais e, se o curso tiver duração superior a 12 meses, tempo integral durante as férias.

 

"Quanto é o salário mínimo na Nova Zelândia?"

O salário mínimo na Nova Zelândia em 2018 é de NZD$ 16,50 por hora.

 

"Vou conseguir me sustentar com meu trabalho?"

O seu salário servirá para auxiliar no seu custo de vida no país, mas não pode servir como única fonte de sustento, até porque imprevistos podem ocorrer e você pode demorar para conseguir um emprego. Por isso, a imigração neozelandesa solicita que você comprove antecipadamente que possui o valor mínimo para se sustentar no país - atualmente NZD$ 15.0000 por ano ou NZD$ 1.250 para cursos mais curtos, por cada mês de estadia.

 

"Vou conseguir pagar meu curso com o meu trabalho na Nova Zelândia?"

Não. O curso de inglês deve ser totalmente pago antes da viagem. No caso de curso técnico ou superior, o valor necessário para o primeiro depósito varia de instituição para instituição. Já a validade do visto é proporcional ao tempo pago de curso. Ou seja: se o estudante pagou apenas o primeiro ano do curso, terá visto válido para um ano e precisará renovar à medida em que for quitando o valor do curso. E mesmo nesse caso, o estudante deve comprovar que possui todo o valor do curso em conta ou que terá acesso ao dinheiro (exemplo: recebimentos contínuos, imposto de renda ou suporte financeiro com salário no Brasil). Logo, seu salário não deve servir de forma alguma para pagar o seu curso na Nova Zelândia.

 

"Quais os tipos de emprego mais comuns que posso conseguir na Nova Zelândia?"

Normalmente estudantes internacionais na Nova Zelândia trabalham em serviços, eventos, construção, hotelaria, atendimento ao público, restaurantes, etc. A posição vai depender muito do seu nível de inglês. Pessoas com inglês inferior têm opções mais restritas, como ajudante de cozinha, ajudante de obra, panfleteiro, etc. Já quem estiver com o inglês intermediário a avançado, pode tentar cargos de recepcionista, auxiliar de eventos, garçom/garçonete, hostess, etc. Conseguir um emprego na sua área profissional não é impossível, mas bastante raro e dependerá em grande medida do seu esforço, inglês e nível de qualificação.

 

 

Ficou com vontade de estudar na Nova Zelândia? Participe da FEIRA ONLINE DE INTERCÂMBIO e saiba mais sobre como estudar (e quem sabe trabalhar) no país! O evento será no dia 29 de Agosto, das 20h à 0h e você pode participar de qualquer lugar do Brasil

Inscreva-se gratuitamente aqui e participe! Veja mais detalhes aqui: https://feiraonline.lae-edu.com.br/